top of page

Royal Enfield: chega a Shotgun 650 e Himalayan 411 sai de cena

Há poucos dias, a montadora anglo-indiana, Royal Enfield, apresentou oficialmente no salão de motos de Milão, sua nova Himalayan 450 e ainda revelou o lançamento de uma moto de edição limitada, a Shotgun 650, mas para apreensão dos entusiastas, a famigerada Himalayan 411 já saiu de cena no site indiano da montadora.


Shotgun 650 no site da Royal Enfield

Nem é preciso falar aqui nesse artigo das novas tecnologias e melhorias que a moto Adventure da marca, a Himalayan, sofreu com a chegada do novo modelo de 450cc. O motor agora tem o dobro da potência do antigo motor de 411cc anterior e é refrigerado à líquido, mas continua sendo um monocilíndrico, com aquele sonzinho típico que nos remete às antigas Hondas XLX que tivemos no Brasil nos gloriosos anos 80.


O tanque da moto aumentou alguns litros, garantindo uma autonomia maior e o painel mudou completamente, saindo dos ponteiros analógicos e da bússola que não tem tanta serventia em um mundo mapeado por GPS, para um modelo mais minimalista e totalmente digital. Além disso, o display é customizável e traz um bom navegador embutido, acionado via app da marca em seu smartphone, em sincronização com o Google Maps.


Himalayan 450 à noite na Índia

A grande diferença, que me fez olhar para o novo modelo com bastante carinho, ainda que eu seja um entusiasta da marca e isso já me traz um carinho especial, é o fato de que as novas rodas raiadas, nas mesmas medidas que o modelo anterior, agora vêm sem câmara.


Para quem enfrenta uma aventura, isso faz uma diferença enorme na hora de um furo, pois, agora, basta um kit borracheiro e um compressor de ar portátil.


अलविदा (Adeus) Himalayan 411


Mas, a novidade que nos foi alertada hoje pelo meu querido amigo Flávio Bressan, grande conhecedor da marca e desbravador de Himalayans no Brasil, é que o site indiano da montadora já não traz mais o modelo 411 em seu catálogo. Portanto, a Himalayan 411 foi descontinuada na Índia e vamos ver o reflexo disso no restante do mundo. No site inglês ela ainda figura em último lugar na fila.


catálogo de Royal Enfield no site indiano
Himalayan 411 já não figura mais no catálogo do site indiano

Já era esperado e é muito provável que a plataforma realmente fique só no modelo Scram 411.


Shotgun 650


E para quem diz que a Royal Enfield está mal das pernas e vai fechar, a montadora, que nem bem descansou do lançamento da Himalayan 450, acaba de lançar outra moto, uma custom, chamada de Shotgun 650.


A moto fez sua estreia no Motoverse 2023, o conhecido evento da marca, ocorrido no final de novembro em Goa, na Índia. Segundo a fabricante, uma moto inspirada no estilo custom, para o estilo custom. É uma estradeira, equipada com o já conhecido motor de 650cc da marca, que atualmente é encontrado na Super Meteor (que ainda não chegou ao Brasil), na Interceptor e na Continental GT.


Segundo eles: “Um tributo bicilíndrico à auto expressão. Uma máquina que se rebela contra a monotonia do motociclismo.  A twin-cylinder tribute to self-expression. A machine that revolts against motorcycling monotony. Uma filha do caos criativo que tem a customização em seu cerne”.


detalhes da nova Royal Enfield Shotgun 650

É uma moto realmente bonita, bem invocadona, mas, ao que parece, é uma edição limitada, com painéis pintados à mão e que lembra muito uma Super Meteor. Só resta saber se esse modelo chegará em nosso país, que ainda espera pela chegada da outra promessa estradeira da marca.


Para mim, que sou um feliz proprietário de uma Himalayan 411, remanescente íntegra dos anos das encrencas de superaquecimento do motor, resta saber se vou ter realmente o espírito de aventura e amor pela marca para encarar a nova Himalayan ou vamos manter nossa “Imbalaia” na garagem, à espera de que ela se torne um ícone colecionável daqui a 30 anos.


49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page