top of page

EDC: O que carrego no dia a dia de Harley

Não é de hoje que existe uma mania na Internet de se publicar fotos daquilo que carregamos todos os dias em nossas bolsas, as famosas fotos de EDC (Every Day Carry), que sobram na rede desde o surgimento do Flickr.


Por outro lado, tem gente que sempre me pergunta o que costumo carregar nos baús de minha Harley Davidson Street Glide, então resolvi fazer um EDC de um jornalista que usa a moto como viatura.

Mas, veja bem! Antes de mais nada, esse artigo é sobre EDC, isto é, o que costumo levar comigo normalmente, quase no dia a dia, quando saio com a moto para trabalhar.


Portanto, não me venham falando que está faltando ferramenta no kit ou que não estou considerando trocas de roupa, porque esse artigo não é sobre o que levar em viagens. Aí, até os equipamentos de foto e filmagem são maiores.


Enfim, posto isso, vamos ao que interessa no dia a dia.


Segurança sempre


Quando se fala em andar de moto, não há o que discutir e não existe rolezinho. Moto exige equipamentos de segurança sempre. Uma jaqueta capaz de te proteger de uma queda, uma boa calça jeans ou de tecido resistente e um bom capacete.

Documento em dia e impresso, passamos aos ítens que podem te salvar de um perrenguinho. Eu sempre levo no case da Harley um kit de chaves Allen em polegadas, um kit de chaves Torx, uma chave inglesa e um alicate. Com isso você já resolve os problemas mais comuns do dia a dia.


Algumas presilhas plásticas, os famosos enforca-gatos também são indispensáveis no embornal de um homem que se prese. Também sempre levo um kit borracheiro, que sei usar e uma bombinha de CO2, capaz de jogar 40lb pra dentro do pneu.


No caso da minha Street Glide, por razões de preguiça de tirar do bag, levo a bomba de ar para calibrar a suspensão traseira, junto a lâmpadas de lanterna/seta sobressalentes e alguns fusíveis.

Esse é o kit que costumo ter comigo nos cases da moto, e que não ocupam quase nada de espaço. Acaba que, muitas vezes, acabo salvando a pele dos amigos na rua e raramente uso pra mim mesmo.


Luzes, câmera, ação


A vida de jornalista motorizado tem seus pormenores. Se você quiser fazer um trabalho bacana, que irá agradar às pessoas, é preciso de um carinho especial na captação de áudio e vídeo.


Por isso, levo comigo sempre duas câmeras ligadas, uma GoPro Hero 7 Black no capacete e uma Insta360 One X2 que fica no guidão ou presa em outros pontos da moto.

Para o áudio, microfones de lapela Godox sem fio plugados num gravador Zoom H5. Só assim conseguimos captar um som nítido da voz vindo do capacete sem interferência de vento ou ruídos externos. E, no caso de precisar entrevistar alguém, facilmente transformamos esse microfone em um microfone comum, desses iguais de repórteres de televisão.


Sempre levamos baterias extras para as câmeras e para o gravador, como também, cartões de memória suficientes, para que não percamos de gravar o melhor da festa por falta de equipamento.


Além disso, o iPhone junto ao plano de nuvem da própria Apple, muitas vezes serviram de câmera de vídeo ou fotográfica num aperto.


Enfim, esse é o EDC de um jornalista motorizado em seu dia a dia. Quando vamos a eventos ou viagens, daí a coisa fica maior, mas daí não seria um EDC, isto é, um Every Day Carry.

57 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page