top of page

Tio Giuseppe: uma cantina italiana em São Bento do Sapucaí

O destino do último final de semana foi uma parada para degustar um menu de uma famosa cantina italiana aos pés da Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí (SP), e ainda colocar a Street Glide para rodar nas curvas da estrada que corta a parte alta da serra e desemboca em Campos do Jordão.



Como costumo falar sempre, especialmente em nosso canal do YouTube, São Bento do Sapucaí é uma pequena cidade paulista que é impossível de se conhecer todas as suas atrações em um só dia. Além do famoso complexo dos maciços da Pedra do Baú, são inúmeras atrações naturais, como cachoeiras e vistas de tirar o fôlego.


Mas a cidade também é rica em seu cenário cultural e gastronômico, com seus artistas plásticos e seus ateliês abertos à visitação e, também seus restaurantes que trazem o que há de melhor na culinária típica dessa região da Serra da Mantiqueira.


Dessa vez, optamos por visitar a cantina que se encontra na Estrada do Paiol Grande (Rod. Benedito Gomes de Souza, n. 2215), no caminho para quem quer visitar o complexo da Pedra do Baú, cuja monumental presença pode ser vista da frente do restaurante.


Encontrar o local é muito fácil, pois ao rodar uns 2 km da Estrada do Paiol Grande você já irá ver um ônibus artisticamente pintado ao lado direito da rodovia e, de frente pra ele, a fachada da Cantina Tio Giuseppe com sua característica Vespa pendurada no telhado e placa pintada à mão com a identificação do estabelecimento.


O local é bem pitoresco e vale muito a visita, mesmo que você não esteja com fome, para conhecer a coleção de antiguidades que soma desde câmeras antigas, gravadores de rolo, passando por obras de artistas locais até pares de esquis de neve. Tudo isso, espalhado por toda a cantina que ainda tem suas paredes assinadas em todos os lados pelos clientes que chegam pela primeira vez na casa.



No que se refere à especialidade da casa, ou seja, comida, fazia tempo que não nos sentíamos realmente em uma verdadeira cantina italiana, dessas que você não vai encontrar um menu, porque você vai comer exatamente aquilo que eles vão te oferecer. Isso é muito comum nas cantinas e tratorias na Itália.

Chegamos no local e já fomos entusiasmadamente recebidos pelo Abel, que é o proprietário, herdeiro do legado do Tio Giuseppe. Abel e sua família lhe deixam tão confortável que parece que você já é amigo dele há séculos.


Escolhemos uma mesa na varanda, porque todo motoqueiro que se orgulha quer ficar de frente pra sua moto e já fomos surpreendidos com "antipasti", como sói em uma boa tratoria, com pão caseiro, uma conserva de beringela com um tempero incrível e aquela sardella maravilhosa.



Enquanto isso você decide se deseja encarar a estação de massas ou vai de truta com amendoim e uvas passas e uma pasta de acompanhamento. Nós escolhemos a truta porque o dia estava muito quente e acreditamos que as pastas iriam pesar na barriga de quem ainda iria enfrentar uma estradinha de serra lindíssima, mas com muitas curvinhas de baixa velocidade.



A truta é maravilhosa e combina muito com o gnocchi que a casa nos recomendou, entre as escolhas que poderíamos fazer de pastas. Aliás, antes que o prato chegasse, imaginamos que, como já havíamos nos embriagado com a entrada, iria sobra comida. Ledo engano! O prato é tão gostoso que acabou. Não sobrou nem uma uvinha passa para contar a história.


A estação de massas vai ficar para uma próxima visita ao local, que sem dúvida será com nosso amigo, Seo Geraldo de Campos, o "deus" da mecânica de moto, que descobrimos ser um cliente assíduo da Tio Giuseppe.


Mas, você poderia estar se perguntando porquê não fizemos mais fotos do local. Simples! A conversa estava incrível, tanto com os proprietários como com um casal bacanérrimo que ficou na mesa ao nosso lado e acabou que comemos tudo e ficamos de bate papo. O que era pra ser um rolê de "trabalho" para o Portal Gasolina, acabou sendo um almoço extremamente agradável.


Além do restaurante, descobrimos que o Abel também adaptou um ônibus, estacionado do outro lado da estradinha, transformando-o em um chalé muito pitoresco que já resolve o problema de ficar hospedado na cidade para poder conhecer todos os destinos turísticos da região. Vale a pena!


De lá, já que estávamos na Estrada do Paiol Grande, resolvemos voltar por ela, passando pela incrível paisagem norteada pelo complexo da Pedra do Baú, chegando a Campos do Jordão, lá pelos lados do belíssimo Palácio Boa Vista. Mas, essa estrada merece um artigo à parte.


Cantina Tio Giuseppe

Estrada Paiol Grande KM: 2,5 S/N

(Rod. Benedito Gomes de Souza 2215)

São Bento do Sapucaí, Estado de São Paulo 12490-000)


Para assistir ao vídeo do rolê até a cantina Tio Giuseppe e, depois, o rolê pela Estrada do Paiol Grande, acesse o link abaixo:






Posts recentes

Ver tudo
bottom of page