top of page

Novo Fiat Topolino deve chegar às ruas em breve

Se você imaginava que o Fiat 500 não podia ficar menor, está redondamente enganado, pois a Fiat está pensando em lançar a versão italiana do Citroën Ami, batizando-o de Topolino, em homenagem ao apelido que o Fiat 500, o famoso compacto da montadora, tinha no passado.

Agora, você deve estar pensando o que o Portal Gasolina está fazendo ao noticiar o lançamento de um mini carro elétrico francês na Itália. Também estamos nos fazendo essa mesma pergunta aqui na redação.


Então, o novo mini 500 elétrico da Fiat, chamado de Topolino (Camundongo), que também é o nome do ratinho famoso de timbre de voz aguda da Disney, é a versão italiana do Citroën Ami, uma criação automobilística francesa que está vendendo muito na Europa e que já ganhou o emblema da Opel com o nome Rocks-e por lá.


Aliás, aqui não somos muito fãs do camundonguinho da Disney, não! Ratinho bacana pra nós é o velho e sempre atual Topo Gigio, o Níquel Náusea e, claro, o mais irado de todos, o famoso Rat Fink. Esses sim são ratos rochedo, raiz.


Fiat topolino 1930
O Antigo Fiat que ganhou o apelido de Topolino por causa de seus faróis que lembravam as orelhas do Mickey

Agora, esse minúsculo veículo irá ganhar o emblema de nossa montadora de carros mais queridinha da Europa e deve levar um banho de design para ficar mais com cara de carro de verdade e menos com cara de carrinho da Polly Pocket (se você tem filhas, sabe do que estou falando).


Ele vai ganhar capota de lona e rodas estilo retrô, mas, por ser um mini veículo, arrancaram-lhe as portas, trocando-a por cordas e, portanto, não terá janelas e, não, isso não é uma matéria de 1º de Abril. Se você não acredita, confira na matéria de João Vitor Ferreira para a Quatro Rodas aqui:https://quatrorodas.abril.com.br/carros-eletricos/topolino-novo-carro-eletrico-da-fiat-podera-custar-menos-de-r-50-000


Inclusive, segundo o site da Quatro Rodas, mecanicamente ele não deve receber nenhuma modificação em relação ao modelo francês, mantendo o motor de 8 cv e a bateria de de lítio de 5,5 kWh, que garante até 70 km de autonomia.


(Alerta de Ironia) A velocidade máxima do potente quadriciclo também deverá ser reduzida dos incríveis 45 km/h para 30km/h para respeitar a nova legislação das cidades italianas (e depois querem que nós, do Portal Gasolina, visitemos a Europa).


O Topolino Dolce Vitta realmente não é considerado um carro (ah, bom!), o que, pela legislação europeia, faz a festa da molecada que pode começar a dirigi-lo a partir dos 15 anos (na Itália, por exemplo). Aliás, esses mini carros não são novidade nas ruas da Velha Bota.


Quando esse que vos escreve vivia na Cidade Eterna, lá na primeira , exercendo seu mister de jornalista e fotógrafo, já topou com algumas versões mais raiz, movidos a motor de combustão de 50 ou 80cc, alguns deles até com motor 2 tempos, e capota em fibra de vidro.


Era comum encontrá-los próximos às escolas de ensino médio, junto às bicicletas dos alunos.


O Citroën Ami é vendido por pouco mais de 9 mil Euros na França e é possível que seu irmão italiano venha por esse mesmo preço ou até menos, segundo alguns sites italianos.


Para quem quiser ver a performance do carrinho, já existe um vídeo circulando pela internet com esse fenômeno das pistas e você pode vê-lo no link abaixo.




13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page