top of page

Leilões de veículos antigos redesenhando o mercado

Quem segue de perto o Portal Gasolina, especialmente em suas redes sociais, percebeu que, nos últimos dias 23 e 24, estivemos presentes nos bastidores do Segundo Leilão de Veículos Antigos de São Paulo, promovido pelo Circuito de Leilões e realizado pela Picelli Leilões, e que claramente mostrou que essa modalidade de negociação de carros e motos clássicas começa a redesenhar os valores do mercado antigomobilista no Brasil.


Os aficcionados em motores, como nós, já estão acostumados a ver esse tipo de leilões acontecendo em vários lugares nos Estados Unidos e Inglaterra, transmitidos pelos inúmeros programas de restauração de veículos dos canais de assinatura. Talvez o Barret-Jackson seja o leilão mais mencionado nos canais e existem oficinas de restauração e customização que se especializaram a negociar veículos justamente nesses leilões.


Nesse leilão, que aconteceu esses dias no Tietê Plaza Shopping é justamente essa modalidade de leilão-show, com apresentadores e leiloeiro engajados em mostrar para os possíveis compradores todas as características e a história de carros e motos antigos que se diferenciam muito dos veículos negociados em leilões de financeiras ou de seguradoras. Aliás, ainda que o brasileiro tenha um enorme preconceito em relação a veículos negociados em leilões, esse leilão não tem nada a ver com aqueles leilões comuns de carros que sofreram sinistro ou foram capturados por financeiras por razões de inadimplência.


Numa simples caminhada entre os lotes que eram ofertados já se era possível perceber que os veículos que estavam ali gozavam de cuidados especiais. Eram carros e motos que não só sobreviveram aos anos, mas foram cuidados, restaurados ou, em alguns casos, conservados em alguma capsula do tempo. Sem mencionar os destaques como uma Ferrari 380 GTS impecável, alguns Corvettes Stingray, um Plymouth Barracuda, várias Mercedes, um Masserati bege, e uma perua Rambler Ambassador 1959 que mal cabia na grande angular da câmera.



O sempre carismático e mundialmente conhecido Fusca, se apresentou na Versão Cabriolet do 1303 (modelo alemão) e em vários anos e versões nacionais, inclusive com customizações ao estilo German Look.


Não menos famosos e queridos que os Fuscas, os Chevrolet Opala também estavam em grande número, acompanhados de sua SW, as Caravans. Da mesma grife da gravata, àquela época azul, os Monza fizeram sucesso, principalmente da versão esportiva SR.


Ainda falando do Carro do Povo, não podemos deixar de falar daquela que foi o veículo que mais valorizou nos últimos anos e cruzou mares a bordo de cargueiros, a Kombi; muito bem representada numa Cabritinha, numa Furgão e num exemplar customizado com as cores e o Bar & Shield da Harley-Davidson.


Da Casa do Oval Azul, os inesquecíveis Galáxies com seus V8; o Corcel, inclusive um exclusivíssimo Série Campeões e por fim os Del Rey, "Questão de Requinte".


Da querida, Mineira de sotaque Italiano, os 147 representaram bem e trouxeram junto a raríssima Pick-up Fiat 147, para os íntimos, Saboneteira.


Foram 207 lotes das mais variadas marcas, épocas e etnias...

Da Terra do Sol Nascente, um raríssimo e exótico mini carro da Subaru.

Não menos exótico, o órfão, Nash Metropolitan, conhecido como o Carro do Mickey Mouse, também marcou presença.


Vale comentar também da turminha das duas rodas... fazendo fumacinha azul, estavam uma Yamaha RX 125 customizada ao estilo da época, uma DT 200 R, sua irmã mais nova e uma Vespa PX200 Elestart, de seu último ano por aqui, 1991. Também foram ofertadas uma Honda CB 450 e uma Gold Wing.



Contudo, claramente pudemos perceber que a tendência desse leilão eram os carros da década de 1990. Natural, eles completaram 30 anos e ganharam a maioridade antigomobilista (risos)!!!


Interessante de ver que alguns modelos que nasceram nos 80, e ganharam face lift e versões esportivas nos 90, estejam caindo no gosto de colecionadores.


Vale destacar os já consgrados Gol GTi, nesta edição tínhamos um raro amarelo Sunny; destaque também aos Kadett GSi, várias unidades ofertadas e nos mais variados estados de apresentação; os Escorts também estavam em número considerável.


Tipo, Tempra e Marea eram os luxuosos da Fiat, assim como o Omega para a Chevrolet e o Santana para a Volkswagen; marcaram presença.


Realmente pudemos presenciar além de um leilão-show, uma verdadeira aula de história da Indústria Automobilística mundial e de seu exemplares, afinal os apresentadores são verdadeiras enciclopédias do assunto. Vale salientar que também passaram no teste de resistência física, pois foram mais de 21 horas de leilão que podem ser conferidas no Canal do Circuito de Leilões no Youtube.







85 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page